Ilha do Pico, Monte



Aldeia Feliz

Em Conversão (2.º ano)


Produtor Horticola Produtor Fruticula


Contactos
Telefone: 927 318 719
E-mail: higuitapico77@gmail.com
URL: www.fb.com/aldeiafeliz.higuita
“Chamam-me” Décio e criei o projecto Aldeia Feliz inspirado na vivência das aldeias felizes do tempo dos nossos pais e avós, onde se produzia de tudo um pouco de forma natural e se trocavam ou ofereciam os excedentes.

O meu primeiro objectivo será sempre, sempre o de alertar as pessoas para um modo de vida mais sustentável, ao “estar na terra”; tentar reeducar as pessoas para a importância de uma alimentação saudável e limpa; alertar para que não se deixem enganar por um “sistema” que quase nos obriga a comer plástico; incentivar ao auto-cultivo, pois pr’além de se produzir comida sã trabalhar na terra é também uma terapia que cura!?Faço agricultura “limpa” há mais de 15 anos, sempre no intuito de auto-suficiência. Nunca me interessei pela certificação pois custava-me ter que pagar por uma licença por não usar químicos, deveria ser precisamente o contrário!

Graças à Trybio e principalmente ao “grande Mestre” Avelino, percebi que a certificação é uma forma de proteger quem produz e quem compra! Iniciei o meu processo de certificação em Maio de 2019.

Actualmente tento produzir o máximo de variedades de vegetais e frutas, aromáticas e medicinais.

Dedico-me muito ao meu minhocário e descobri também a melhor “fábrica” de merd… upss!, compostagem que alguma vez vi: as minhas duas porquinhas do Vietnam! A Josefina e a Geraldina! Agradeço-lhes religiosamente todos os dias o “ouro negro” que me dão!!

O segundo objectivo, mas não menos importante que o primeiro, é o de comercializar os meus produtos.

De momento faço cabazes e entrego em casa, havendo também pessoas que preferem vir a minha casa conhecer o espaço e levar os produtos.

Tive e tenho ou terei algumas passagens esporádicas pelo mercado municipal, mas prefiro o contacto directo, pois quando estou a colher já sei para quem é, e a energia e o carinho que ponho no meu trabalho vai direitinha para a mesa daquelas famílias!

Não me chateia perder um cliente porque começou a cultivar para si, fico sim feliz por ele, pois está a fazer o melhor para a sua família e para a Natureza!

O que me chateia é continuar a ver pessoas a ser enganadas por um “sistema” que não é justo nem para as pessoas nem para o ambiente!

Bem haja à Trybio, ao Avelino e a todos os que trabalham a terra com Amor!

Que possamos todos viver em aldeias felizes!
Comam coisas verdes e boas!!
Grato!



Directório dos Produtores